IMAGENS DE 30/06/2001: 

Imagens do trajeto Pareci Novo-RS a Bom Princípio-RS, via Salvador do Sul-RS:

PARECI NOVO-RS: 

O município foi emancipado em 1992; dedica-se à cultura de flores e frutas, que lhe confere destaque em termos de produtividade agrícola, dentre os municípios gaúchos; margeia o Rio Caí, que constituía antigamente importante via de acesso ao porto de São Sebastião do Caí (no interior do Vale do Caí), que fica logo adiante, e que era usado para o transbordo de pessoas e produtos, entre a Capital e a região colonial alemã (no Vale do Caí) e a região colonial italiana (no alto da Serra Gaúcha).

Pareci Novo possui uma marcante construção, que pelos idos de 1900 constituía famoso colégio de formação de jesuítas; agora possui grande valor histórico, tendo sido vendido pela Unisinos (para proprietário particular) na época da criação do município.

A comunidade está em júbilo, porque finalmente a estrada de acesso ao município, via São Sebastião do Caí ou Montenegro, está em fase de asfaltamento; durante muitos anos,  buscava sensibilizar autoridades para essa demanda, que está sendo atendida, encurtando (também) em muitos kms a ligação da Serra Gaúcha com a região de Montenegro e o Pólo Petroquímico:    1,   2,   3,   45,   6,   7,   8,   9,   10,   11121314151617181920

 =>   Outras informações sobre Pareci Novo-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

MONTENEGRO-RS: 

Instalações da Doux, ex-Frangosul, que está entre as maiores empresas do RS e é responsável pelo crescimento econômico de vários municípios da região:   1,   2,   3

 =>   Outras informações sobre Montenegro-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

SÃO JOSÉ DO SUL-RS: 

Emancipou-se recentemente do município de Salvador do Sul-RS; era chamado de "Linha D. Diogo"; é constituído por minifúndios coloniais espalhados, sem ter, ainda,  uma área urbana bem definida e desenvolvida; as imagens panorâmicas foram tomadas no alto da estrada RS-470, que atravessa o município, e leva até o município de Salvador do Sul-RS, que fica logo adiante, mais no alto da serra, e que constituía seu "município-mãe".

Imagens:   1,   2,   3,   45,   6,   7

 =>   Outras informações sobre São José do Sul-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

SALVADOR DO SUL-RS: 

No idioma alemão, esse município era conhecido por "Kapesberg" (morro do cabo), provavelmente em função do formato do morro em que se situa o atual município de São Pedro da Serra, que constituía a vila de referência original. Na época da emancipação da área que englobava os atuais municípios de Salvador do Sul, São Pedro da Serra, São José do Sul e parte de Barão, a sede administrativa foi instalada no que atualmente constitui o centro urbano de Salvador do Sul, que dista  poucos Kms de São Pedro da Serra, que foi novamente obrigado a buscar sua emancipação, muitos anos depois.

O município é muito conhecido pelo famoso "Colégio Santo Inácio", de orientação jesuíta, que formou legiões de religiosos e profissionais liberais; o município encontra-se em boa fase de crescimento econômico; possui histórica ligação com a avicultura, tendo a ex-Frangosul (comprada pela Doux) iniciado ali suas atividades; o município possui a 2a. maior produtividade agrícola do RS; mas agora está entrando com ênfase nas áreas de comércio e serviços, sediando a matriz da empresa "Solar Wallauer" (voltada à venda de eletrodomésticos), e um hotel magnificamente instalado, denominado "Candieiro da Serra".

Recentemente foi concluído o asfaltamento da RS-470, que liga a região de Montenegro (no sopé da serra) com a serra gaúcha, que permitirá criar novas opções de turismo.

Imagens:   1,   2,   3,   45,   6,   7,   8,   9,   10,   11121314151617181920212223242526272829303132,   33

 =>   Outras informações sobre Salvador do Sul-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

SÃO PEDRO DA SERRA-RS: 

O município iniciou sua vida administrativa em 1993; é um dos mais progressistas dentre o grupo de 94 municípios gaúchos emancipados em 1992:   1,   2,   3,   45

(para acessar o estudo sobre o desempenho econômico dos municípios do RS em 1999, clique aqui)  

 =>   Outras informações sobre São Pedro da Serra-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

BOM PRINCÍPIO-RS: 

Descendo a serra, de São Pedro da Serra até Bom Princípio, via estrada de chão que passa pela localidade de Linha Francesa Baixa, percorre-se uma área muito bonita e bucólica, com formato de canaleta; no lado dos morros, de ambos os lados, podem ser vistas muitas propriedades agrícolas com modernos aviários; a região do Vale do Caí foi colonizada por alemães vindos da região alemã do Hunsrich, que fica no Vale do Reno, perto da fronteira da Alemanha com a França;  por isso, essa colonização é dita ser formada por descendentes de "franco-alemães"; é provável que para essa "linha" ou "picada" tenham vindo alguns colonos franceses de fato.  Logo adiante, já no município de Barão, existe outra localidade conhecida como Linha Francesa Alta.  Antes de chegar na RS-122, em Bom Princípio, a estrada de chão atinge a bucólica localidade de Nova Colúmbia; dali em diante, está asfaltada até atingir a localidade de Santa Terezinha, que agora tem a expectativa de se emancipar do município de Bom Princípio.

Imagens:   1,   2,   3

 =>   Outras informações sobre Bom Princípio-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

PORTO ALEGRE-RS: 

Nascer do sol, detrás dos edifícios do centro da cidade:   1,   2

 

IMAGENS DE 29/06/2001: 

PORTO ALEGRE-RS: 

"Invasão" de intenso nevoeiro sobre área baixa (ou administrativa) da cidade:   1,   2,   3,   45

 

IMAGENS DE 23/06/2001: 

ESTEIO-RS: 

Imagens recentes da cidade

 

IMAGENS DE 22/06/2001: 

PORTO ALEGRE-RS: 

Alvorecer na cidade:   1,   2

 

IMAGENS DE 21/06/2001: 

PORTO ALEGRE-RS: 

Hora do eclipse solar na cidade (07h33min.):   1,   2

 

IMAGENS DE 15/06/2001: 

PORTO ALEGRE-RS: 

Alvorecer na cidade:   1

 

IMAGENS DE 14/06/2001: 

BOM PRINCÍPIO-RS: 

Localidade de Santa Lúcia:   1,   2

Parte alta da cidade:   1,   2,   3,   45

Plantação de moranguinhos na localidade de Mambuí:   1

 

IMAGENS DE 13/06/2001: 

PORTO ALEGRE-RS: 

Alvorecer na cidade:   1,   2,   3

Desenhos no Rio Guaíba:   1

 

IMAGENS DE 05/06/2001: 

PORTO ALEGRE-RS: 

Luar numa agradável noite de junho:   1

 

IMAGENS DE 03/06/2001:   

PORTO ALEGRE-RS: 

Amanhecer na cidade, num domingo de manhã:   1

 

IMAGENS DE 02/06/2001: 

FELIZ-RS: 

a)  parte alta e centro:  1,   2,   3,   45,   6,   7,   8,   9,   10,   11121314151617181920

b)  comunidade de São Roque, com suas casas em estilo renano:  1,   2,   3,   45,   6,   7,   8

A cidade de Feliz obteve destaque nacional há poucos anos, quando foi classificada em primeiro lugar, no ranking das cidades do Brasil pelo conceito de desenvolvimento humano; perdeu recentemente esse posto, mas ainda continua dentre as 10 melhor classificadas no país.

Há poucos anos, a cidade perdeu dois grandes empreendimentos industriais, que constituíam símbolos importantes: uma grande unidade de fabricação de cervejas e outra, de produção de laticínios. Tais perdas forçaram a cidade a buscar outras alternativas, dentre as quais se destacam atualmente empresas do ramo de plásticos. O famoso festival nacional do chopp, realizado anualmente nas dependências da grande sociedade local,  foi herdado da época em que a cidade tinha participação importante na fabricação gaúcha e nacional de cervejas.

 Antes da conclusão da RS-122 (que passa por Bom Princípio), na década de 60, a estrada Júlio de castilhos, passando por Feliz, constituía importante rota de ligação da região do Vale do Caí com a região da Serra gaúcha. A ponte de ferro sobre o Rio Caí, que foi trazida da Europa no início do século passado,  constitui  marco histórico importante da cidade.

Feliz foi colonizada inicialmente por colonos alemães, pelos idos de 1850.  Muitos ainda preservam hábitos, e utilizam corriqueiramente um dialeto do idioma alemão; encontram-se, também, muitas construções bastante originais, feitas em estilo renano, bem mais simples e despojado que o estilo bávaro.

Em 1992, Feliz apoiou a emancipação de 3 de seus distritos: Alto Feliz, Vale Real e Linha Nova; desde então, os distritos emancipados, assim como o próprio município de origem, conseguiram progredir bastante.

 

LINHA NOVA-RS: 

12,   3,   4,   5,   6,   7,   8,   9 10,  11121314151617181920

Linha Nova constitui um dos menores municípios do RS; emancipou-se em 1992, obtendo aval de "última hora" do então governador do Estado, sr.  Alceu de Deus Collares, que sancionou o projeto de emancipação de sete áreas (junto com outras 87 áreas), que não preenchiam estritamente as condições previstas pela legislação em vigor na época (mas que tinham recebido apoio da Assembléia Legislativa). 

O município fica no sopé da serra, no alto da qual ficam municípios como Nova Petrópolis, Gramado e Canela; antigamente, a estrada em que a vila se fixou constituía um prolongamento da colonização feita de São Leopoldo até São José do Hortêncio.

Curiosamente, 98% da população é descendente de alemães que confessam a religião luterana; a igrejinha que possuem é luterana, e todas as lápides dos túmulos têm inscrições em alemão; na cidade (ou "vila"?) ainda utilizam um dialeto franco-alemão para se comunicarem; muitas casas do município (e do vale do Caí)  possuem estilo renano, ou seja, com características bem mais simples e despojadas, que as casas em estilo bávaro, proveniente do sul da Alemanha, que era mais rica que a região do Hunsrich, atravessado pelo rio Reno. Perto da igrejinha, existe também uma relíquia, de grande valor histórico: encoberta por árvores, está ainda de pé o salão, onde se realizavam famosos bailes, que oportunizavam o encontro de jovens, principalmente nas ocasiões dos dias de "Kerb"; ao lado da casa, também existe um muro de pedras, levantado com muito esforço para separar os "potreiros", onde se guardava o gado, numa época em que não se dispunha de arame farpado, como existe atualmente.

Com a emancipação, a cidade melhorou muito seu nível de desenvolvimento, embora não tenha avançado tanto em termos de progresso ou crescimento econômico; tiveram dificuldades para trazerem ou desenvolverem empreendimentos agrícolas e industriais, da mesma forma como fizeram outros pequenos municípios emancipados da região, tais como Alto Feliz e Tupandi, que buscaram com mais garra, foco e determinação avanços econômicos. Tal fato sinaliza que as emancipações geram maior cidadania, consciência cívica, e melhorias substantivas nas áreas de infraestrutura, educação, saúde, lazer, cultura e patrimônio histórico; todavia, tais avanços ainda não são suficientes para garantirem avanços substantivos em termos de crescimento econômico. É claro que, jamais, a comunidade optaria em voltar a ser um mero distrito de Feliz, sem a autonomia que possui atualmente para decidir seus destinos,  "por sua conta e risco".

No dia da passagem, a comunidade estava ansiosa para votar na 2a. feira seguinte, por ocasião de reunião do Orçamento Participativo estadual, em favor do asfaltamento da estrada de 11km que separa o município (emancipado) do município de origem, que é Feliz. Esta estrada pode constituir importante veio para descobrir outra preciosidade, ainda não devidamente valorizada no município e em todo Vale do Caí: as casas de estilo renano, que permanecem preservadas da época de colonização da região, feita principalmente a partir dos idos de 1850.

 

BOM PRINCÍPIO-RS: 

Localidade de Bom Fim Baixo: 

a) Formação de "escadinhas de pedras", no Rio Caí, na divisa do município de Bom Princípio com a localidade de Escadinhas, do município de Feliz:  1,   2

b) Casa em estilo renano melhorado, típica da região:  1

  (observar que foi acrescentado uma área, provavelmente para tomar chimarrão nas tardes quentes do verão no sul do Brasil, à parte que constituía a cozinha, separada da área dos dormitórios por um corredor, para evitar o alastramento de incêndios a partir da cozinha, onde se usava fogões à lenha)

 

Webmaster: lrklering@adm.ufrgs.br