IMAGENS DE 31/12/2001: 

CAPIVARI DO SUL-RS:

- últimas imagens do ano de 2001, tomadas no caminho para o litoral norte do RS (estrada RS-030):   1,   2,   3

IMAGENS DE 26/12/2001: 

PORTO ALEGRE-RS:

- Prédio do novo Hospital Dom Vicente Scherer, inaugurado em 20/12/2001; constitui o 7o. hospital do Complexo da Santa Casa de Porto Alegre e o 1o. Centro de Transplantes da América Latina:   1

- Edifício Almeida e Chaves, integrante do conjunto de obras projetadas pelo arquiteto alemão Theodor Wiederspahn:   1

- Edifício Ely,  integrante do conjunto de obras projetadas pelo arquiteto alemão Theodor Wiederspahn:   1

- Largo da Rodoviária:   1,   2

- Hospital da Beneficiência Portuguesa (cujo prédio foi concluído em 1868) :   1

- Igreja Nossa Senhora da Conceição:   1,   2,   3,   4,   5,   6,   7,   8 

Esta igreja teve sua construção iniciada em 1851 e concluída em 1880. Estava prevista para ser construída na praça Gal. Osório, mais conhecida como Alto da Bronze. O lugar era perfeito, mas a região já continha outras igrejas, como a Igreja Nossa Senhora das Dores. Nesta época, a cidade iniciou um processo de expansão e por isso a irmandade Nossa Senhora da Conceição, de tradição portuguesa, decidiu construí-la ali, no início da atual Av. Independência. A igreja conserva-se em sua forma original, e se for restaurada poderá constituir um dos mais belos templos da cidade. 

- Viaduto da Conceição:   1

- Rua Andradas:   1,   2,   3,   4,   5

Esta parte da rua mais conhecida como "da praia" constituía a passarela da cidade (a céu aberto), antes do advento dos shoppings centers fechados; nos finais de tarde, os homens (de todas as idades) ficavam ali "jogando conversa fora", aguadando o desfile das moças; os namorados, marcavam seus encontros por ali. Na década de 70, a prefeitura de Porto Alegre aderiu à moda da época, de transformar as ruas mais movimentadas e valorizadas em "calçadões", proibindo a circulação de automóveis. Todavia, ao contrário do previsto, tal estratégia tirou-lhes, lentamente, a vida e o "glamour".  Recentemente, na tentativa de reanimar o centro da cidade e controlar o comércio informal nas ruas destinadas aos pedestres, a prefeitura reorientou o estacionamento e trajeto de táxis convencionais e táxis-lotação (misto de táxi e microônibus urbano), para reocupar, reanimar e reorganizar a função original de trechos de ruas, como esse da rua da praia.

CANOAS-RS:

- Floração de pata-de-vaca-rosa,  do Shopping Bourbon:   1,   2,   3,   4

Esta espécie de árvores, cujo nome oficial é bauhinia forficata, é originária da Índia; possui flores de cores rosa (e branca, quando é chamada de pata-de-vaca-branca). As árvores possuem troncos tortuosos e copas esgalhadas.

 =>   Outras informações sobre Canoas-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

NOVO HAMBURGO-RS:

- Santuário Mãe de Deus:   1,   2

- Vistas panorâmicas da cidade, a partir do Santuário Mãe de Deus:   1,   2,   3,   4,   5

 =>   Outras informações sobre Novo Hamburgo-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

ARARICÁ-RS:

- Vistas da cidade:   1,   2,   3,   4,   5,   6,   7,   8,   9,   10,   11,   12,   13,   14,   15

O município foi recém emancipado (em 1996); está em rápido crescimento; possui como base econômica indústrias de calçados e de implementos agrícolas; em poucos anos de instalação, a prefeitura conseguiu calçar e asfaltar várias ruas urbanas, construir um amplo posto de saúde, ginásio de esportes e vários outros prédios. Para quem chega, a pequena cidade impressiona positivamente; suas ruas estão limpas e floridas, os prédios públicos e comunitários (como uma igrejinha evangélica) estão caprichosamente reformados. A cidade se destaca pela quantidade de árvores da espécie extremosa plantadas nas calçadas das ruas; por isso, fica muito bonita nesta época do ano, com suas flores de cores lilás, rosa e branca (estas últimas constituem uma raridade em nosso meio).

 =>   Outras informações sobre Araricá-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

SAPIRANGA-RS:

- imagens do Morro Ferrabrás:   1,   2,   3,   4

-  vistas panorâmicas a partir do Morro Ferrabrás:  1,   2,   3,   4,   5

- imagens de vôos de paraglider:   1,   2,   3,   4,   5,   6,   7

No entorno desse morro, ocorreu a famosa epopéia dos muckers, cuja história será relatada em breve; aguarde. 

 =>   Outras informações sobre Sapiranga-RS:   veja no site do NUTEP/UFRGS

 IMAGENS DE 23/12/2001: 

Visita às cidades mágicas de Gramado, Canela e Nova Petrópolis, às vésperas do Natal de 2001:

GRAMADO-RS:

É uma cidade tão encantadora que (parafraseando ao poeta Mário Quintana) nem em sonhos a sonhamos. Confira estas indescritíveis imagens da cidade: 

1,   2,   3,   4,   5,   6,   7,   8,   9,   10,   11,   12,   13,   14,   15,   16,   17,   18,   19,   20,   21,   22,   23,   24,   25,   26,   27,   28,   29,   30,   31,   32,   33,   34

 =>   Outras informações sobre Gramado-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

CANELA-RS:

Cidade gêmea de Gramado, dos bonecos, da Cascata Caracol, da matriz de pedras, do Vale da Ferradura, do Vale do Quilombo e do "Sonho de Natal": 

1,   2,   3,   4,   5

 =>   Outras informações sobre Canela-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

NOVA PETRÓPOLIS-RS:

Cidade natal das cooperativas, do Parque do Imigrante, do pinheiro multissecular, da praça florida e do labirinto verde:

1,   2,   3,   4,   5,   6,   7,   8

 =>   Outras informações sobre Nova Petrópolis-RS:  veja no site do NUTEP/UFRGS

IMAGENS DE 22/12/2001: 

BOM PRINCÍPIO-RS:

Floração de extremosa em rua da cidade:   1,   2

IMAGENS DE 16/12/2001: 

ESTEIO-RS

Floração de extremosas em ruas da cidade; o nome oficial desta espécie de árvores originárias da Índia é lagerstroemia indica; apresentam flores de cores muito vivas, nas tonalidades rosa, lilás e branca:   1,   2  3,   4,   5,   6,   7,   8

IMAGENS DE 15/12/2001: 

PORTO ALEGRE-RS

"Árvore da Paz" erguida no Parque Moinhos de Vento; possui 35m de altura; constitui a maior árvore de natal do mundo:   1,   2

IMAGENS DE 07/12/2001: 

BRASÍLIA-DF

- Memorial de JK (Juscelino Kubischeck, ex-presidente do Brasil, responsável pela construção da nova capital do Brasil, transferida do Rio de Janeiro em 1960):   1,   2

- Instalações do exército nacional:    1

- Catedral:   1,   2  3,   4,   5,   6

- Futuras instalações do Tribunal de Contas da União (TCU):   1,   2

- Instalações do STJ (Supremo Tribunal de Justiça):   1

- Futuras instalações do TST (Tribunal Superior do Trabalho):   1

- Vistas panorâmicas, a partir da península do Lago Sul:   1 2,   3,   4

- Mansões da península do Lago Sul:   1,   2  3,   4,   5

Reveja, também, imagens anteriores de Brasília-DF,  obtidas em 27/07/2001, clicando aqui.

IMAGENS DE 04/12/2001: 

PORTO ALEGRE-RS

- Floração de árvore da espécie manduirana, localizada no Parque da Redenção:   1

IMAGENS DE 02/12/2001: 

PORTO ALEGRE-RS

- Floração de manduirana:   1,  2

Esta espécie de árvores é nativa do Brasil;  seu nome oficial é Senna macranthera; possui as seguintes características principais: flor amarela, tronco curto, copa esgalhada e ramos pesados e pendentes.

- Trecho inicial da Rua Duque de Caxias, antigamente chamado "Rua Formosa":   1

- Praça Alto da Bronze:   1

O nome oficial da praça é General Osório, patrono da cavalaria brasileira, herói da Guerra do Paraguai. Todavia, esse nome só figura nos registros, porque a população fixou o nome "Alto da Bronze",  derivado de uma moradora da área, que não gozava de boa reputação entre as "famílias sérias".  Anteriormente, pelos idos de 1850,  o lugar tinha sido reservado para a construção de uma igreja, que acabou sendo instalada em outro local, no início da atual Av. Independência, com o nome de Igreja da Conceição.

- Prédios da Duque de Caxias, reformados:   1,  2

- Castelinho da Vasco Alves:   1

- Escola Técnica Senador Ernesto Dorneles:  1,   2,   3,   4

- Solar dos Câmara:   1,   2,   3,   4

O solar foi mandado construir pelo presidente da província José Feliciano Fernandes Pinheiro, que recebeu o nome de Visconde de São Leopoldo; a obra foi concluída em 1818. Mais tarde, o solar foi habitado pelo capitão José Antônio Correa da Câmara, herói da Guerra do Paraguai, que recebeu o nome de 2o. Visconde de Pelotas. Atualmente, o solar pertence à Assembléia Legislativa, que ali instalou seu Serviço de Pesquisa, Documentação Histórica e Museu.

- Catedral Metropolitana:   1,   2,   3,   4,   5,   6,   7,   8,   9,   10

O projeto da Catedral foi feito pelo arquiteto romano Giovani Batista Giovenale, que era adido da Basílica de São Pedro. Para projetá-la, o arquiteto inspirou-se na Catedral de Partasso. Seu estilo arquitetônico é o da Renascença. As gigantescas cabeças de índios na base dos pilares da cúpula simbolizam os antigos habitantes da região. As pedras de granito rosa foram extraídas de pedreira do bairro Teresópolis. 

A primeira pedra foi colocada no dia 7 de agosto de 1921, após ter sido demolida a parte posterior da velha matriz. As obras foram presididas pelo cônego João Maria Balém, no período em que a arquidiocese era dirigida por D. João Becker. 

A catedral possui 80,0 m de comprimento por 47,0 m de largura máxima. Sua cúpula possui 73,99 m de altura, com 18,0 m de diâmetro. As torres frontais possuem 50,0 m de altura.

- Cúria Metropolitana:   1,   2

Ocupa o prédio do antigo Seminário, que teve suas obras iniciadas em 1865, nos fundos da Igreja Matriz. Ali se localizava um cemitério, iniciado em 1753, logo após a chegada dos primeiros moradores do povoado. O prédio foi construído pelo arquiteto alemão Johann Grunewald ("mestre João").

- Antiga sede provisória do Palácio Piratini:   1

Teve suas obras iniciadas em 1857 e concluídas em 1871. Inicialmente, funcionou como Estação Telegráfica e Repartição de Obras Públicas; depois, como Comando das Armas; mais tarde, durante a construção do Palácio Piratini (1909 a 1921), sede provisória do Governo Estadual. Está em fase de restauro, e abrigará o poder central do Ministério Público Estadual.

- Solar Palmeiro:   1

- Castelo da Ilha da Casa da Pólvora: 

Há muito tempo, a "casa da pólvora" povoa a imaginação dos portoalegrenses, dos navegantes e dos visitantes que chegam à cidade pelas margens do Guaíba. O conjunto arquitetônico, formado pelo paiol da pólvora, casa da guarda e casa da chácara, construídos em 1852,  foi restaurado recentemente, dentro do projeto Pró-Guaíba. O novo espaço agrega valor incomensurável para a cidade de Porto Alegre e o Estado do RS.  Em breve, funcionará ali um Centro de Interpretação Ambiental, possibilitando o acesso da comunidade gaúcha a uma das mais significativas áreas de conservação do RS: o Parque Estadual Delta do Jacuí.

Veja estas bonitas imagens, tomadas durante trajeto de ida e volta, em barco, da Usina do Gasômetro à ilha:

1,   2,   3,   4,   5,   6,   7,   8,   9,   10,   11,   12,   13,   14,   15,   16,   17,   18,   19,   20,   21,   22,   23,   24,   25,   26,   27,   28,   29

- Monumento a José Loureiro da Silva:   1

O monumento foi criado pelo escultor gaúcho Antônio Caringi a um dos mais destacados administradores da cidade. 

Loureiro da Silva foi prefeito de Porto Alegre durante dois mandatos: de 1937 a 1942 e, depois,  de 1960 a 1963. Durante suas duas gestões, criou as vias Farrapos, Salgado Filho, Ipiranga, João Pessoa, André da Rocha e Jerônimo de Ornelas; canalizou o riacho (arroio Dilúvio); construiu o Hospital de Pronto Socorro; e iniciou a construção da 1a. Avenida Perimetral, no trecho em que se encontra o monumento em sua homenagem. 

- Monumento ao Brigadeiro Sampaio:   1

O monumento foi inaugurado em 19/08/1980, na Praça de mesmo nome (mais conhecida por Praça da Harmonia), situada no início da rua Andradas (mais conhecida por "Rua da Praia").  Mais antigamente, a área era conhecida por "Praça do Arsenal".  Foi nessas imediações que os casais de açorianos se estabeleceram provisoriamente em 1752. O brigadeiro Sampaio é o Patrono da Infantaria Brasileira; foi herói da batalha do Tuiuty, na guerra do Brasil com o Paraguai.

- Rua Siqueira Campos:   1

- Prédio histórico da rua Andradas:   1

IMAGENS DE 01/12/2001: 

PORTO ALEGRE-RS

- A hora da floração dos flamboyants:

Nesta época, inicia a floração desta espécie de árvores originárias do Madagascar; seu nome oficial é Delonix regia; produzem flores em tons de alaranjado e  vermelho-coral, que contrastam vivamente com o verde das folhas e o azul do céu, em dias ensolarados como hoje. 

Veja estas bonitas imagens, captadas nos bairros Bela Vista e Montserrat:   1,   2,   3,   4,   5

- Rua Duque de Caxias:   1

Começa na antiga "ponta das pedras" (atual Usina do Gasômetro),  passa pelo "Alto da Bronze" (área mais alta da extremidade da península, onde atualmente se situa a praça do "Alto da Bronze", cuja denominação oficial é Praça Gal. Osório),  pela Praça da Matriz (oficialmente chamada de Praça Marechal Deodoro) e termina na "Praça do Portão" (oficialmente chamada de Praça Conde de Porto Alegre,  perto da Santa Casa). Pela sua posição geográfica, tornou-se a rua mais importante da cidade, onde as mais destacadas instituições e pessoas deixaram suas marcas nas construções de prédios e residências. 

Em épocas passadas, alguns de seus trechos eram conhecidos por nomes significativos diversos, como "Rua Formosa", atribuído ao seu trecho inicial, da  "ponta do Gasômetro"  até a "Rua Clara" (atualmente chamada de João Manoel); o trecho central chamava-se "Rua da Igreja"; e o trecho final chamava-se "Rua do Hospital" ou "Rua do Hospício".  

- Monumento ao Conde de Porto Alegre:   1

Está localizado na praça Conde de Porto Alegre, que antigamente era chamada de Praça do Portão, porque ali havia um portão, permitindo a entrada na cidade cercada por muros, que foram mandados derrubar logo após o término da Revolução Farroupilha, em 1845.  A estátua, toda em mármore, foi esculpida pelos escultores A. Pittanti e Carlos Fossati; constituiu o primeiro monumento erguido em praça pública de Porto Alegre; foi inaugurado pela Princesa Isabel em 02/02/1885, na Praça da Matriz. Foi transferido para a Praça do Portão em 1910.

"Conde de Porto Alegre" foi o título recebido pelo tenente general Manoel Marques de Souza, que se destacou na Guerra dos Farrapos e na Guerra do Paraguai. Mandou construir portentoso prédio na esquina das atuais ruas Riachuelo e Gen. Canabarro, concluído em 1860 (o prédio, tombado pelo Patrimônio Histórico do Estado, está em fase de restauração). 

- Hospital Santa Casa:   1

Em sua passagem por Porto Alegre, em julho de 1820, o biólogo Auguste de Saint-Hilaire fez a seguinte interessante referência sobre o prédio do Hospital, que estava em construção na época: 

Fora da cidade, sobre um dos pontos mais elevados da colina, onde ela se acha construída, iniciou-se a contrução de um hospital, cujas proporções são tão grandes, que provavelmente não seja terminado tão cedo; mas a sua posição foi escolhida com rara felicidade, porque é bem arejado, bastante afastado da cidade, para evitar contágios; ao mesmo tempo, muito próximo para que os doentes fiquem ao alcance de socorro de qualquer espécie.

- Árvore de natal gigante, no Parque Moinhos de Vento ("Parcão"):   1,   2,   3,   4,   5 

- Paisagens do Bairro Bela Vista:   1,   2,   3

Esse bairro emergente destaca-se pelo elevado nível de instrução dos seus chefes de família, em que mais de 65% possuem curso superior; provavelmente constitua o maior percentual de bairro de cidade do Brasil e da América Latina. 

- Praça da Encol (do Bairro Bela Vista):   1,   2,   3,   4,   5,   6,   7,   8,   9,   10